A SPTrans solicitou à Prefeitura de São Paulo, em março, mais R$ 2,02 bilhões para o pagamento de subsídios às empresas de ônibus da capital paulista em 2021.

Em ofício assinado eletronicamente pelo diretor presidente da estatal, Valdemar Gomes de Melo, a SPTrans afirma que os R$ 2,25 bilhões que foram aprovados no orçamento municipal para o repasse às empresas de ônibus da cidade são insuficientes para cobrir os subsídios deste ano.

Um projeto de lei da Prefeitura de Ribeirão Preto (SP) que autoriza um repasse emergencial de até R$ 17 milhões ao Consórcio ProUrbano, que gerencia o transporte coletivo da cidade, foi aprovado na sessão da Câmara Municipal na noite desta terça-feira (1º) por 12 dos 22 votos possíveis.

O texto recebeu seis emendas e teve votação da redação final marcada para terça-feira (8). Depois, caso a redação final seja aprovada, vai para sanção do prefeito Duarte Nogueira (PSDB).

No mesmo dia em que a SuperVia - concessionária que opera o serviço de trens urbanos em municípios da Região Metropolitana do Rio - entrou com um pedido de recuperação judicial no Tribunal de Justiça (TJRJ), a Federação das Empresas de Transportes de Passageiros do Estado (Fetranspor) fez, nesta terça-feira (8), um alerta sobre a incapacidade operacional e demonstrou preocupação com o atendimento à população.

Página 1 de 19

 

© 2021 Petro Ita Transp. de Passag. Ltda. || Rua Coronel Veiga, 1157 - Centro - Petrópolis - RJ || CNPJ.: 31.134.851/0001-50 Insc.Est. 84.328.472 Tel.: +55 24 2104-7172