A partir de agora, todos os colaboradores da Petro Ita terão a temperatura aferida. A iniciativa reforça as medidas de combate à disseminação da Covid-19. O termômetro infravermelho digital tem a capacidade de aferir a temperatura corporal sem que haja necessidade de contato físico.

Caso a temperatura aferida seja superior a 37,8°C (que indica estado febril), e outros indicativos que possam inferir suspeita à Covid-19, o colaborador será acompanhando por equipe mobilizada para esse fim.

O prefeito Bernardo Rossi confirmou neste sábado (23) o início da flexibilização de funcionamento de segmentos do comércio e serviços em 1º de junho. Em live exibida em suas redes sociais, ele anunciou a prorrogação dos decretos restritivos, que tinham validade até este domingo (24), até o dia 31, e detalhou o plano de retomada das atividades econômicas, deixando claro que a decisão foi tomada com base em dados técnicos, que levam em conta a o número de leitos na rede, a taxa de ocupação dos mesmos e a avaliação epidemiológica diária de números de casos e números de óbitos.

O alinhamento sobre as melhores soluções para a operação do transporte coletivo urbano no país frente aos impactos do coronavírus e a necessidade de rever o modelo de funcionamento desse sistema no pós-pandemia nortearam as manifestações dos participantes da 96ª reunião do Fórum Nacional de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade Urbana.

Entre as principais preocupações expostas estão a demora do Governo Federal em socorrer o setor e a necessidade de uma proposta de superação da crise no transporte público por ônibus com a flexibilização da quarentena.

A Prefeitura adotou nesta segunda-feira (11/5) medidas para evitar aglomerações na Rua Paulo Barbosa. Os pontos de ônibus usados como parada de linhas da Petro Ita foram transferidos para a Rua do Imperador (em frente às Casas Bahia).

Com isso, o trecho usado pelos veículos passou a ser ocupado por quem está em filas nas portas de agências bancárias, garantindo distanciamento entre cada pessoa.

O prefeito ACM Neto (DEM) não descartou autorizar um novo socorro da Prefeitura às empresas de ônibus nesta segunda-feira (18).

No início de abril, a gestão municipal anunciou a compra de R$ 5 milhões em crédito de passagens para auxiliar as empresas no pagamento da folha em função da queda de arrecadação, consequência das medidas de isolamento.

A Câmara Municipal de Curitiba aprovou ontem regime de urgência para a votação de projeto do prefeito Rafael Greca (DEM) que prevê a reserva de até R$ 200 milhões para socorrer as empresas do transporte coletivo da Capital, que teriam perdido receita em razão da redução do número de passageiros provocado pela pandemia do coronavírus.

Com a aprovação do pedido, a proposta deve ser votada em plenário na próxima segunda-feira. Vereadores questionam a proposta de Greca, afirmando que o projeto não especifica o critérios para o repasse dos recursos, e apontando que a operação do serviço é um atividade privada que comporta riscos que devem ser assumidos pelas empresas.

 

© 2021 Petro Ita Transp. de Passag. Ltda. || Rua Coronel Veiga, 1157 - Centro - Petrópolis - RJ || CNPJ.: 31.134.851/0001-50 Insc.Est. 84.328.472 Tel.: +55 24 2103-0599