Como peixes numa lagoa poluída, todos os que usam ou trabalham com o transporte público urbano estão lutando por ar para sobreviver. Os que utilizam transportes lotados, em pé, podem pensar que essa luta é por ar puro mesmo. Mas, para os que têm que oferecer esses serviços, o que falta é outra substância vital. Não, não são mais passageiros que faltam.

Isso só é verdade agora, pois nos acostumamos a ter que sustentar esse nosso serviço essencial com as tarifas. Nas cidades pelo mundo em que elogiamos o transporte público, ele é sustentado em primeiro lugar com investimentos e subsídios públicos federais e locais.

Mais de cem prefeitos participantes da 80ª Reunião da Frente Nacional de Prefeitos (FNP), realizada de forma virtual na última semana, aprovaram uma ampla mobilização nacional dos gestores municipais em favor da reestruturação dos atuais serviços de Transporte Público Urbano e de Caráter Urbano, como caminho para solucionar os problemas estruturais do setor evidenciados pela pandemia.

Enquanto a greve da empresa São Miguel completa quatro dias, a prefeitura de Urberlândia (MG) se comprometeu a fazer um aporte de R$ 24,2 milhões ao sistema de transportes.

O repasse foi acertado por meio de um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado nesta quinta-feira, 13 de maio de 2021, entre a prefeitura, as empresas de ônibus Autotrans, São Miguel e Sorriso de Minas junto diante dos Ministérios Públicos de Minas Gerais (MPMG) e Federal (MPF).

Rio - A crise que atinge o transporte público no Rio de Janeiro não é uma novidade, mas a chegada da pandemia trouxe um novo capítulo de agravamento das condições de mobilidade a que os passageiros estão sujeitos.

No final de março, a lotação dos BRTs e a redução da quantidade de veículos oferecidos provocaram uma situação tão grave que a prefeitura precisou realizar uma intervenção para garantir a continuidade do serviço.

 

© 2021 Petro Ita Transp. de Passag. Ltda. || Rua Coronel Veiga, 1157 - Centro - Petrópolis - RJ || CNPJ.: 31.134.851/0001-50 Insc.Est. 84.328.472 Tel.: +55 24 2104-7172